© 2016 | Empresa Júnior de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Franca, São Paulo.

Captação de Recursos para Associações e ONGs | Orbe Consultoria Internacional

As associações e organizações não-governamentais (ONGs) necessitam de financiamento para manutenção de suas instituições. Para isso, elas precisam buscar formas de captar recursos e, a partir deles, elas se tornam capazes de manter seus projetos em funcionamento a fim de impactar a sociedade. Para entender melhor, é importante ressaltar a diferença entre ONGs e outras formas de associações como os institutos corporativos, ou as fundações familiares, que têm orçamento próprio garantido.

A captação de recursos pode ser determinada de duas formas. Na teoria, é um processo estruturado por uma organização com o objetivo de pedir as contribuições voluntárias das quais ela precisa. Neste processo, destacam-se as doações individuais, empresariais ou governamentais, que podem ser financeiras e/ou outras formas de arrecadação. Já na prática, a captação destes recursos é responsabilidade de uma determinada comissão, que, com ideias criativas, pensa em maneiras inovadoras de atrair atenção e conseguir doações, além de aproximar a organização da comunidade com uma postura transparente.

Sendo assim, a existência de um grupo focado na captação de recursos é fundamental para manter o funcionamento da ONG ao longo do tempo, tendo em vista que a captação de recursos é uma área estratégica e permanente para essas associações, que são regulamentadas pela ABCR (Associação Brasileira de Captadores de Recurso). Ao se aproximar dos doadores que acreditam em seu trabalho, as organizações ganham mais impacto e legitimidade, além de terem maior probabilidade de alcançar a sustentabilidade financeira.