O mercado de petiscos

Atualizado: Ago 17

O mercado de petiscos é conhecido pela conveniência de seus produtos devido a sua rapidez e praticidade. A indústria de alimentos possui essência dinâmica e versátil e está sujeita a constantes trocas de demanda. O segmento de petiscos em suas diferentes categorias - salgadinhos, pipoca, biscoitos, cereais, entre outros - exige a elaboração rápida de estratégias capazes de responder às tendências globais. Diante da problemática imposta pela imobilidade do setor, as produtoras de petiscos procuram planos para reconquistar o seu público, conforme as suas novas necessidades.

Público-Alvo e Tendência de Consumo

Os público consumidor do mercado de petiscos e salgadinhos, popularmente conhecido como “Mercado de Snacks” é composto majoritariamente por adultos de jovens-adultos com faixa-etária entre 20 e 40 anos de idade. Nascido em um contexto de mudanças culturais, este público possui como característica principal da priorização do trabalho e do lazer, fator que conduz à mudanças nos hábitos de consumo.


Pesquisas indicam que cerca de 57% deste mesmo público possui impedimentos para cozinhar em casa, fato que, combinada à grande busca por praticidade leva à expansão da procura por alimentos industrializados, petiscos, salgadinhos e refeições prontas.


Diante da nova demanda, a indústria alimentícia empreendeu na criação de petiscos saudáveis de consumo rápido e prático, disponíveis em diferentes gêneros e sabores, que atualmente estimulam o nicho de mercado. À vista disso, todo o mercado de petiscos necessitou de modificações estratégicas, tais como a criação de novos produtos, adaptação de embalagem e até mesmo dos próprios produtos, em benefício da cativação de seus consumidores, que apresentam uma nova demanda tanto por produtos saudáveis com proporções corretas, quanto por informações nutricionais. Conjectura-se que o segmento de petiscos salgados possui potencial de crescimento de aproximadamente 60% na primeira metade da década.


Petiscos Salgados

Apesar da estagnação que vigora no setor desde 2015, estudos de mercado protagonizados pela Zion Market Research, companhia especialista na análise de dados mercadológicos, prospectam crescimento significativo na cadeia produtiva de petiscos salgados, sobretudo, na demanda por salgadinhos entre os anos de 2020 e 2027 com fundamento nas diretrizes evolutivas do mercado. Os petiscos do tipo chips, disponíveis em diversos formatos e sabores, são os preferidos dos consumidores globais. A tendência de consumo de alimentos saudáveis

conduziu à adequação da sua confecção, que introduziu um maior número de nutrientes e ingredientes naturais, contudo, elevando o seu preço de venda.


Petiscos Doces

Os petiscos doces compõem cerca de 21% das vendas de alimentos embalados, entre bolos, biscoitos doces, sorvetes, entre outros. A ampla urbanização e a rotina de trabalho conturbada estimularam a demanda por estes produtos. De forma geral, esta subdivisão aceita inovações e aprimoramento de produtos tradicionais. Em favor da conquista e fidelização do público, a indústria de petiscos doces deve considerar não apenas sabor, nutrição e praticidade, mas requer atenção especial nas questões relacionadas a embalagem e marketing no geral, e, sobretudo, se adaptar às especificidades de cada mercado-alvo.


Se interessou pela temática? Conheça também o Mercado de Chocolates.


Fontes: Segs | Consumidor moderno | Connect Americas


Agende um diagnóstico gratuito!

arrow&v
arrow&v
arrow&v
arrow&v

© 2020 | Empresa Júnior de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Franca, São Paulo.