O mercado mundial de chocolate

Atualizado: Ago 17

O mercado mundial de chocolate é hoje um dos mercados com mais diversidades de produtos do mundo e, consequentemente, mais competitivo também. Apesar do grande leque de produtos, o chocolate ao leite, branco e amargo ainda são os tipos mais consumidos no mundo todo.


O chocolate, por ser um produto que está muito atrelado ao emocional, é considerado um produto de compra impulsiva. Isso porque seu consumo remete a momentos de felicidade e recompensas, além do seu potencial para presentear em dadas comemorativas, como Dia dos Namorados ou aniversários. Sendo assim, o consumo de chocolate só tende a crescer, tendo o mercado de chocolate e cacau a estimativa de que chegará a valer USD 67.22 bilhões em 2025.


Sete entre dez dos países que mais consomem chocolate no mundo estão na Europa, sendo eles: Alemanha, França, Reino Unido, Bélgica, Países Baixos, Itália e Polônia, não respectivamente. No continente americano, os Estados Unidos lideram a posição de maior consumidor de chocolate.

Os produtores

Antes de falarmos sobre os maiores produtores no mercado de chocolate, é importante diferenciar chocolate e cacau. Sendo o cacau a base do chocolate, os países produtores de cada um dos produtos, cacau e chocolate, são diferentes, muitas vezes não apenas localizados em regiões bastante diversas, como também em economias.


Os maiores produtores de cacau do mundo estão em sua maioria no continente africano. São eles: Gana, Costa do Marfim (fornece cerca de 30% de todo o cacau do mundo) e Nigéria. Além deles, também são grandes produtores a Indonésia, Brasil, México, Equador, Camarões, Peru e República Dominicana.


Já os maiores fabricantes de chocolate do mundo estão na Europa, representados por grandes empresas e inseridos em economias fortes e desenvolvidas. Alguns dos países que mais fabricam chocolate no mundo são: Suíça, Inglaterra, EUA e Itália. Porém, mesmo possuindo grande parcela da produção e exportação de chocolate no mundo, tal mercado ainda possui grande potencial, principalmente em relação aos chocolates orgânicos, do qual a demanda tem crescido cada vez mais junto com a preocupação pela saúde e boa alimentação que os consumidores têm demonstrado.


As mudanças na demanda

O mercado de chocolate é de grande movimentação no cenário mundial e nos últimos anos sofreu uma grande mudança no que se diz respeito à qualidade de serviço e tipos de produto. Um aumento considerável de produtos com alto teor de cacau no mercado e a consolidação do conceito “cacau de origem” são uma das especificidades de produto mais procuradas pelos consumidores e ainda estão em expansão.


Dessa forma, os produtores de chocolate tiveram que se reinventar e se adequar a essa nova demanda, que envolve principalmente mudanças na formulação do produto. Assim, o mercado de chocolate no âmbito internacional se encontra em grande expansão para estes ramos de diversificação e adequação do produto em categorias como orgânico, natural, alto teor de cacau, diet, enriquecido com probióticos, livre de gorduras trans, livre de glúten, etc.


Para empresas que seguem este ramo de mercado e procuram inovações em seu portfólio, estes produtos podem ser uma estratégia de sucesso nas vendas tanto em âmbito nacional, como internacional. Para empresas que já possuem estes tipos de produto, mas não chegaram a investir em mercados externos, esta pode ser uma vantagem para a inserção em novos mercados. Para saber quais países possuem o melhor mercado para o seu produto, conheça nosso serviço de identificação de mercados.


Potencial do mercado

Como vimos, o mercado consumidor de chocolate é extremamente grande e diversificado. Além do consumo direto do chocolate, como barras, bombons e trufas, o consumo dos derivados do cacau também possui grande potencial, como os achocolatados em pó.


Como em todo lugar do mundo, as previsões de crescimento do mercado de chocolate são otimistas, e no Brasil não é diferente. Só no primeiro trimestre de 2020 foram produzidas 120,9 mil toneladas de chocolate no país. Além disso, exportamos chocolate para mais de 130 países, além da exportação de cacau. Para o Brasil, o mercado com maior potencial de destino para nossas exportações é os Estados Unidos, sendo seguido por Uruguai e Paraguai. É importante lembrar, que no caso dos países sul-americanos, o Brasil possui diversos benefícios nas relações comerciais, devido ao Mercosul.


Outro fator que reflete o potencial nas exportações de chocolate no Brasil é que possuímos as principais matérias-primas em abundância em território nacional, como o leite, açúcar e cacau. Dessa forma, a produção brasileira de chocolate ainda tem muito espaço e possibilidades de crescimento, não só no mercado interno como também, e principalmente, no mercado internacional.


Quer entender melhor o potencial de exportação da sua empresa? A Orbe tem as estratégias certas para seu negócio.


Fontes: Exame | ripleybelieves | ICCO | Fortune Business Insights | Mordor Intelligence | Agência Brasil



Agende um diagnóstico gratuito!

arrow&v
arrow&v
arrow&v
arrow&v

© 2020 | Empresa Júnior de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Franca, São Paulo.