top of page
Business%20Colleagues_edited.jpg
  • Foto do escritorOrbe

Exportação da Cachaça Brasileira: uma grande oportunidade

Crescimento em exportações e presença no comércio internacional


O que é, como é, de onde vem e por onde se encontra a cachaça?

A famosa cachaça, aguardente, birita ou pinga é provavelmente o destilado mais antigo da América - há diferentes suposições sobre seu surgimento. Tem características marcantes como: é uma bebida típica brasileira; possui um teor alcoólico por volta de 38% - 48%; é feita com caldo de cana-de-açúcar, é fermentada e destilada. A denominação “cachaça” é típica e exclusiva da aguardente de cana feita no Brasil. Ela faz parte da cultura (e gastronomia) brasileira.


É uma bebida de grande importância. Alguns dados que evidenciam isso estão listados a seguir:

- De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), são produzidos anualmente mais de 1 bilhão de litros do destilado movimentando R$10 bilhões na economia.

- A cachaça fornece cerca de 600 mil empregos diretos e indiretos no Brasil, segundo a estimativa da Ibrac ( Instituto Brasileiro da Cachaça)

-Em 2021, existiam 5,5 mil marcas registradas no INPI.

-Em 2018, o Brasil exportou cachaça a 77 países por meio de mais de 50 empresas de exportação. Isso gerou uma receita de US $15,61 milhões


Em relação a exportação, percebe-se ser um produto de grandioso potencial econômico

Nota-se que a exportação de cachaça teve relativas melhoras após a crise da pandemia da COVID-19. Em 2021, o crescimento em volume da produção brasileira exportada foi de 29,52% e em valor de 38,39%, segundo o Ibrac – Instituto Brasileiro da Cachaça. Carlos Lima (representante da Ibrac) revela que há a previsão de uma melhora ainda mais significativa em 2022.

Já ao final de 2021, as Diretrizes Estratégicas da Cadeia Produtiva da Cachaça são divulgadas de maneira a propor a meta de estar entre os três principais destilados do mundo até 2025. Essas estratégias estão baseadas em quatro dimensões: Cliente e Sociedade, Processos Internos, Aprendizados e Pessoa e Sustentação Financeira. A partir disso, é notável a tendência de aumentar a competitividade entre os demais destilados mundiais, pois essas diretrizes tendem a servir de guia para a conquista de sucesso em cenários internacionais


Mas antes de entender um pouco mais acerca desta bebida e seu papel na economia internacional, se você caiu aqui de paraquedas e não sabe quem nós somos, bem, vou te explicar um pouquinho! A Orbe Consultoria Internacional, é uma Empresa Júnior de Relações Internacionais com o intuito principal de permitir com que empresas como a sua, alcancem o cenário internacional da forma mais descomplicada possível. Estamos presentes no mercado há 17 anos, contribuindo para transformar o desejo de internacionalização em possibilidades reais. Tirar o projeto do papel e de fato alçar voo no comércio internacional é o grande sonho de muitas empresas, concorda comigo? E é para isso que estamos aqui. Nossa essência é ajudar você a impactar!


Bom, agora que eu te contei um pouco quem somos, falaremos um pouco sobre os maiores consumidores da cachaça, as exportações de sucesso e como a Orbe pode te ajudar na exportação desse produto.


Maiores consumidores da cachaça brasileira

A cachaça é a terceira bebida destilada mais consumida no mundo, apreciada em mais de 50 países. Ela atrai fabricantes mundiais de bebidas que pretendem aumentar a venda e o consumo dessa queridinha brasileira, principalmente no mercado europeu e norte-americano.


Em 2012 foi firmado um acordo entre Brasil e Estados Unidos onde foi estabelecido que apenas cachaças produzidas no Brasil poderiam ser comercializadas com este nome, fazendo com que a bebida fosse reconhecida mundialmente como um produto genuinamente brasileiro.


De acordo com a Ibrac, Estados Unidos, Alemanha e Paraguai foram os três países que mais importaram a cachaça brasileira em 2021, em termos de valor.


EUA importou um valor total de U$ 3,48 milhões, demonstrando um crescimento de 56% em relação a 2020. Já o valor de importação alemã teve um aumento de 41,37%, passando para U$ 1,88 milhão em 2021. Por fim, o Paraguai importou U$ 1,32 milhão em valor no último ano.


No que diz respeito ao volume, Paraguai e Alemanha foram os que mais importaram a cachaça brasileira, com 1,6 milhão de litros em 2021. Os Estados Unidos consumiram 903 mil litros, enquanto Portugal e França vêm a seguir no ranking, com 509 mil litros importados do Brasil.


Cases de sucesso da Cachaça


Para contar um pouco sobre a experiência dos brasileiros na exportação de cachaça, vamos trazer dois cases de sucesso: o caso de Múcio Fernandes (1), que exporta para os Estados Unidos, e o de Carlos Alberto (2), que exporta para o Canadá.


  1. Exportação da Paraíba para os Estados Unidos:


Durante a 27ª edição do Seminário do Agronegócio para Exportação (AgroEx), o diretor presidente da R. Fernandes & Cia. - Engenho São Paulo, Múcio Fernandes, contou sobre o case de sucesso de sua empresa e as vantagens que os produtores brasileiros têm na produção de cachaça.

Fernandes indicou que sua empresa é a maior exportadora de cachaça de Alambique do Brasil. Isso acontece pois a produção é quase toda exportada, desde os anos 80, para o seu principal comprador, os Estados Unidos. O diretor acredita que os produtores da Paraíba (estado onde sua empresa é localizada) precisam investir mais na exportação de cachaça, pois, no estado e também em outras diversas regiões do Brasil, existe uma considerável produção de matéria-prima. Quanto a isso, vale lembrar que algumas regiões principalmente no interior do Brasil possuem a tradição e a cultura da produção de cana de açúcar e realizam a atividade com muita eficiência. Isso cria uma excelente vantagem, pois torna-se fácil e seguro produzir a bebida quando o fabricante está perto de uma vasta fonte de matéria prima. Além disso, Múcio Fernandes também indicou que os produtores da região possuem vantagem na localização geográfica e também na forma de fabricação da bebida, tradicional na região. Este último conselho, pode valer para diversas regiões do Brasil, visto que a cachaça é uma bebida muito tradicional e suas técnicas de produção são muito desenvolvidas em todo o país. Além disso, a cultura da cachaça traz consigo um saber muito valioso para a produção da bebida, pois há muitos anos os brasileiros produzem a bebida. Todo esse conjunto de fatores facilita a produção e aumenta sua qualidade.


  1. Exportação para o Canadá:


Além do caso dos Estados Unidos, temos o Canadá, que representa uma grande oportunidade para os exportadores:


Carlos Alberto Matos, produtor da Cachaça Sebastiana, foi entrevistado pela Câmara de Comércio Brasil-Canadá e trouxe relatos do seu caso de sucesso na exportação para o país com o auxílio da própria Câmara. Para o fabricante, o fato da sua cachaça sebastiana ter atendido todos os requisitos e ter conseguido se manter no mercado canadense é muito interessante. Isso porque o mercado costuma ser protegido pelo governo e o acesso não é tão fácil. Mesmo com essas dificuldades, o êxito do investimento mostra o enorme potencial da cachaça brasileira no Canadá


Paulo de Castro Reis, diretor de relações institucionais da Câmara, afirmou que apesar de ser um mercado maduro para as bebidas alcoólicas, o mercado canadense apresentou uma taxa de crescimento constante nos últimos anos. Reis completa que 23% do consumo das bebidas vem dos destilados e que o consumidor canadense possui muito interesse por sabores exóticos. A palavra “exótico” retrata bem o produto, uma vez que a cachaça não é a única coisa que é especialmente brasileira, mas as madeiras nas quais ela é armazenada também são, e isso faz com que o produto seja único no mercado canadense. Assim, diversos fatores apontam o enorme potencial para exportadores de cachaça brasileiros, resta saber como exportar esse produto de forma segura, como receber o apoio necessário e como levantar todas as informações para concluir um investimento que trará retornos à sua empresa. Nessa missão, a Orbe Consultoria Internacional tem muito orgulho em afirmar que pode te ajudar.



Como a Orbe pode te ajudar?


Nós da Orbe Consultoria Internacional fornecemos soluções para que sua empresa ou município possa se inserir no mercado internacional, tanto para aqueles que estão apenas começando, quanto para quem já está mais avançado e quer um direcionamento mais específico. Por isso, nosso portfólio conta com as soluções ideais para quem quer exportar e/ou dar um passo à frente na internacionalização, na missão de te ajudar a impactar!


A Identificação de Mercado é uma de nossas soluções destinadas ao setor empresarial, e ela conta com uma metodologia exclusiva da Orbe, que consiste na proposta de analisar os fluxos de mercado, parâmetros setoriais, comerciais e competitivos utilizando-se de dados quantitativos para apontar e identificar os melhores “países destino” para uma exportação bem sucedida. Assim, no ramo de bebidas, como a cachaça, é essencial saber todas as variáveis envolvidas que determinarão o melhor lugar na hora de iniciar a exportação.


Por sua vez, o Estudo de Mercado é outra solução de âmbito empresarial da Orbe que oferece uma análise completa, a partir do mercado alvo já escolhido pelo exportador, ou seja, numa etapa seguinte da Identificação de Mercado, para que seja possível traçar uma estratégia no comércio exterior que seja própria para aquele mercado, levando em conta suas especificidades e exigências. Um de nossos produtos é o Estudo para um relatório completo sobre como exportar de maneira otimizada e, também, a identificação de mercados para identificar quais os melhores locais para seu produto.


Caso tenha restado alguma dúvida, entre em contato conosco, estaremos completamente dispostos a te ajudar! E não se esqueça de ficar por dentro das nossas redes sociais, principalmente do nosso Instagram e LinkedIn. Por lá fazemos publicações semanais acerca dos nossos serviços e das atualidades do mercado interno e internacional. Fique ligado também em nosso site, onde postamos diversos artigos sobre as tendências mercadológicas além de diversos e-books gratuitos para download.












Fontes:





Comments


bottom of page