Os 9 passos básicos da exportação

Atualizado: Abr 30


Um dos principais meios para que uma empresa possa expandir seu alcance e assim potencializar seus lucros é com a exportação. O processo é complexo mas proporciona a empresa maior visibilidade no cenário internacional e maior credibilidade no mercado. Para que uma exportação ocorra com o devido sucesso e sem riscos existem 9 passos essenciais que devem ser conhecidos e entendidos de forma clara.


Os passos básicos para a exportação são:

1. Prepare sua empresa para a exportação Através dos portais legais do governo federal, como o Siscomex, cadastre a empresa para inseri-la no REI - Registro de Exportadores Importadores, assim tornando-a hábil a exportação.


2. Compreenda os tipos de exportação

A exportação pode ser dividida em duas categorias: direta e indireta.

  • Exportação direta: operação realizada pela própria empresa, sendo ela que cuidará de todos os processos legais e comerciais referentes a ele.

  • Exportação indireta: todos os processos de exportação são realizados por empresas intermediárias especializadas nesse tipo de serviço.


3. Identifique os mercados potenciais É necessário realizar uma análise de possíveis mercados para encontrar as melhores oportunidades no exterior e assim garantir que seu produto será inserido no país certo, aumentando as chances de sucesso de sua inserção internacional. Apresenta-se como uma das mais importantes etapas de todo o processo, uma vez que garante a viabilidade da exportação.


4. Estude um ou mais mercados

Após identificar os mercados em potencial, é crucial realizar uma análise aprofundada sobre as características econômicas, comerciais, sociais e culturais de um determinado país a fim de obter um panorama geral e, posteriormente, desenvolver uma estratégia de inserção direcionada e assertiva.


5. Prepare seus documentos Para que a exportação seja bem-sucedida é necessária a preparação dos documentos pré-embarque e pós-embarque, sendo esses necessários para que o produto saia do país de origem sem problemas e consiga entrar no país de destino com sucesso.


6. Atenção aos procedimentos administrativos Atenção com relação a regulamentação perante todos os órgãos públicos tanto nacionais como internacionais é extremamente necessária, seguindo todos os códigos impostos por ele e alinhando o produto a tudo que é pedido.


7. Receba o valor creditado com a exportação Apresentação dos documentos ao banco do importador para liquidação do valor obtido, sendo esse depositado na conta do exportador mediante conversão cambial.


8. Adeque a embalagem do seu produto

Estude as características culturais e legislativas do mercado alvo a fim de adequar a embalagem do produto para que o mesmo chegue ao país de destino com qualidade e sucesso.


9. Negocie e se prepare para a exportação

É necessária muita atenção durante esta etapa para que se evitem problemas com os importadores, selecionando os mais confiáveis e para que todo o processo aduaneiro seja realizado de forma correta, evitando atrasos e multas durante o processo.


Exportar é complexo e exige muita preparação e análise de diversas variáveis internas e externas. Para que o empresário tenha sucesso durante o processo deve-se estar atento às etapas e conhecimentos prévios como forma de otimizar processos e diminuir riscos. Assim, se prepara para exportar é a chave para o sucesso da empresa e do produto.


A Orbe Consultoria Internacional pode te ajudar em todas as etapas através de uma consultoria personalizada. Agende um diagnóstico gratuito e transforme a sua distância em oportunidade.

Agende um diagnóstico gratuito!

arrow&v
arrow&v

© 2020 | Empresa Júnior de Relações Internacionais da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais de Franca, São Paulo.