Business%20Colleagues_edited.jpg
  • Orbe

O que é o “Plano de Exportação” e por que você precisa se atentar a ele!


Exportar é um grande passo para qualquer empresa, principalmente para as que fornecem produtos. E é pensando nisso que nós da Orbe escrevemos este texto para mostrar quais fatores devem ser levados em consideração na hora de se “exportar”



A partir da globalização, a possibilidade de atingir mercados internacionais cresceu e tem se tornado cada vez mais viável tanto para grandes quanto para pequenas empresas quando é realizado um bom planejamento. Por isso, caso esteja pensando em exportar é necessário que seja feito um bom “Plano de Exportação” e nós da Orbe separamos algumas etapas essenciais para realizá-lo.


Primeiramente, é necessário escolher quem será o responsável pela exportação, isto é, se ela será direta -planejada pela própria empresa- ou indireta -quando uma empresa terceirizada especializada em internacionalização, como a Orbe, cuida dos trâmites essenciais. Estes devem ser feitos de maneira inicial para o plano, já que, sem um bom planejamento a empresa corre o risco de não conseguir exportar o produto ou até mesmo não obter sucesso após a exportação. Então, como começar?


As primeiras etapas são:

  • Verificar a capacidade de exportação da empresa; ou seja, garantir que a empresa seja submetida a uma regularização.

  • Documentos do exportador e da mercadoria;

  • Consultar as barreiras tarifárias e não-tarifárias;

  • Elaborar um plano de internacionalização, ou seja, a identificação de oportunidades do mercado;

  • Verificar se o preço de exportação do produto é competitivo, isso porque, é importante que a empresa e os produtos sejam adequados ao mercado nacional

  • Verificar se o produto está inserido em alguma preferência tarifária, (lei da exportação), evitando que os produtos sejam impedidos de entrar no país de destino

  • Considerar os aspectos relacionados à gestão empresarial.

Identificar o melhor país para exportar


Antes de tudo, é necessário identificar para qual país você irá exportar o seu produto. É essencial ter a noção de que os países possuem mercados extremamente diferentes, em que se varia o mercado, as tarifas, os benefícios e malefícios, os preços e até mesmo o público que irá compor sua clientela.


Entretanto, esta tarefa se mostra muito mais complicada do que parece, principalmente levando-se em consideração o cenário de uma empresa que está iniciando sua jornada no comércio internacional.


E é pensando ni