• Orbe

Expandido seu Município – Como a Rede de Cidades da UNESCO pode te ajudar!

Atualizado: Abr 20

Em nosso blog, já explicamos como é feita a internacionalização municipal através do irmanamento de cidades, quais são seus principais fundamentos, como o processo ocorre e como você pode conseguir uma cidade-irmã para a sua cidade através da Orbe Consultoria Internacional!


A internacionalização do município pode ocorrer de várias maneiras, seja pela inserção da cidade em uma rede de cidades ou pelo marketing de cidades. Mas no artigo de hoje iremos focar nos impactos que a rede de cidades podem trazer para o seu município e explicar:

  • O que é uma rede de cidades

  • Como a inserção no cenário internacional pode ajudar o seu município

  • As formas de internacionalizar o seu município

  • A rede de cidades criativas da UNESCO (UCCN)

  • Cases brasileiros de sucesso

  • Os requisitos para ingressar em uma rede de cidades

  • A melhor forma de internacionalizar a sua cidade


Afinal, o que é uma rede de cidades?


As redes de cidades são organizações internacionais que se dedicam a causas específicas. Os membros podem incluir municípios, organizações civis, empresas privadas, centros de pesquisa, entre outros. Além disso, a rede de cidades pode contar com um aparato administrativo composto por presidentes, secretários e outros funcionários, vinculados ou não a municípios.


As redes fortalecem e dinamizam as relações entre cidades de diferentes países e regiões, promovem ações de cooperação e o intercâmbio de experiências entre seus membros e contribuem para dar voz às cidades em âmbito nacional e internacional, tudo isso através da paradiplomacia.


Por que a rede de cidades pode ajudar o meu município?


As redes de cidades podem ajudar o município pois sua internacionalização poderá ampliar laços cooperativos e desenvolver, com a ajuda de diversas cidades, em alguma área em comum entre elas.


O município inserido em uma rede de cidades abre inúmeras oportunidades e caminhos para as cidades que a praticam, e para que ela seja realizada da forma mais efetiva possível, é necessário um longo estudo prévio, com a finalidade de entender as potencialidades, dificuldades e pontos positivos da cidade.


O município pode firmar acordos de cooperação com outros municípios de todas as partes do mundo que compartilhem de seus interesses. Alguns dos tópicos de cooperação são:

  • Tecnologia

  • Educação

  • Economia

  • Cultura

  • Políticas Públicas


Quais as formas de internacionalizar meu município?


A internacionalização municipal pode ser realizada de diversas maneiras, e uma das melhores formas é por meio do ingresso de seu município em uma rede de cidades!


As redes incentivam e consolidam as conexões entre os municípios de diversos países e regiões, contribuem para dar voz às cidades em âmbito nacional e internacional e promovem ações de cooperação e o intercâmbio de experiências entre seus membros. Outra forma de internacionalizar o seu município é através do marketing de cidades.


A Orbe vem se aperfeiçoando constantemente. E por isso, produzimos esse e-book gratuito para que você entenda um pouco mais sobre essa ferramenta poderosa que o marketing de cidades oferece a você!



A rede de cidades criativas da UNESCO


A Rede de Cidades Criativas da UNESCO (UCCN) foi criada em 2004 para promover a cooperação entre cidades que identificam a criatividade como um fator estratégico para o desenvolvimento urbano sustentável. As 246 cidades que atualmente integram esta rede trabalham em conjunto para um objetivo comum: colocar a criatividade e as indústrias culturais no centro dos seus planos de desenvolvimento a nível local e cooperar ativamente a nível internacional.


Ao aderir à Rede, as cidades se comprometem a compartilhar suas melhores práticas e desenvolver parcerias envolvendo os setores público e privado, bem como a sociedade civil, a fim de:

  • fortalecer a criação, produção, distribuição e difusão de atividades, bens e serviços culturais;

  • desenvolver pólos de criatividade e inovação e ampliar as oportunidades para criadores e profissionais do setor cultural;

  • melhorar o acesso e a participação na vida cultural, em particular para grupos e indivíduos marginalizados ou vulneráveis;

A Rede cobre sete campos criativos: Artesanato e Artes Folclóricas, Artes de Mídia, Cinema, Design, Gastronomia, Literatura e Música.

A Rede de Cidades Criativas é um parceiro privilegiado da UNESCO, não só como plataforma de reflexão sobre o papel da criatividade como alavanca para o desenvolvimento sustentável, mas também como terreno fértil de ação e inovação, nomeadamente para a implementação da Agenda 2030 para a Sustentabilidade e Desenvolvimento.


Cases brasileiros de sucesso

Paraty

Cidade portuária de 40.975 habitantes, Paraty está localizada na Costa Verde, um exuberante corredor verde que percorre o estado do Rio de Janeiro, Brasil. Paraty foi uma importante encruzilhada, que reuniu as culturas indígena, portuguesa e africana, diversidade que se refletia em receitas tradicionais como a paçoca-de-banana e a farofa-de-feijão.